Série 1 – Quadcopter – Hélices e Motores

Neste vídeo o Nuno Correia e o Luís Correia explicam a relação entre as hélices e os motores do nosso quadcopter.

As hélices que usamos no nosso quadcopter têm dois tipo, as “esquerdas” e “direitas”, e tem a ver apenas com o sentido de rotação. Usamos duas de cada tipo, conforme o sentido de rotação do motor respectivo. Curiosamente o sentido “reverse” é o sentido horário.

Como já tinhamos explicado no video da atitude, os motores são controlados aos pares e para evitar o efeito de torque e permitir estabilidade de voo.

As hélices que usamos no nosso quadcopter são de 11 polegadas e têm um passo de 4.7, também conhecidas por “slow fly” por serem de passo pequeno.

O Nuno explica como funciona o passo que quer dizer é que em cada rotação completa da hélice, há um avanço “no ar” de 4.7 polegadas.

Devem verificar sempre as hélices após cada voo para ver se não existem mazelas, o que irá provocar desiquilibrio, algo que explicaremos num vídeo futuro. Se existirem manchas esbranquiçadas, significa que a hélice dobrou e que deve ser substituida imediatamente.

Passamos depois à montagem das hélices nos motores. Estas em particular usam um pequeno anel plástico que faz a adaptação entre o veio do motor e a hélice.

O veio do nosso motor é demasiado grande para o tipo de aperto que usamos, mas escolhemos não os cortar nesta montagem. Caso optem por escolher motores destes e os quiserem cortar, advertimos apenas que devem proteger o motor para que as limalhas não sejam atraídas pelos imans.

Após termos tudo montado, fazemos um pequeno teste tendo todo o cuidado em segurar o quad. Estamos quase quase prontos para voaaaaaaaar.

 

Links para sites e artigos relevantes:

 

E não se esqueçam, sempre que se sintam um pouco perdidos podem sempre recorrer ao Glossário de termos técnicos usados ao longo de toda a série!

S01VA12_-_Hélices_e_Motores_-_ThumbResumo da série 1

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *