Glossário

Ao longo deste série sobre a montagem do nosso quadcopter, usamos termos técnicos que podem não ser os mais óbvios. Decidimos criar este post contendo um pequeno glossário para esclarecer alguma dúvida que possa persistir.

  • Arduino: Plataforma de desenvolvimento opensource;
  • Balanced Charger: Carregador de baterias que garante uma carga uniforme de cada célula;
  • Baterias LiPO: Baterias de iões de lítio. São o tipo de baterias mais utilizado neste tipo de aparelhos e as que utilizamos no nosso quadcopter;
  • Bootloader: pedaço de código presente em microcontroladores e que permite uma programação simplificada pelo software Arduino;
  • Cabo FTDI: Um cabo específico para programar a nossa flightboard, com um conector USB do lado do computador e um conector FTDI no lado da board;
  • ESC ou Electronic Speed Controller: Controlador de velocidade para motores trifásicos do tipo “brushless”. A partir da corrente contínua da bateria, e segundo os valores enviados pela flightboard, gera corrente alterna para regular a velocidade do motor;
  • Flightboard: É o cérebro de qualquer multirotor, contém um processador (Atmel ATMEGA 328p no caso do software MultiWii), alguns sensores, giroscópio e acelerómetro, que em conjunto controlam o voo de um multicopter;
  • Frame: Podemos traduzir literalmente para armação. É como se fosse o chassis do quadcopter, a estrutura base que mantém tudo no sitio;
  • I2C: Interface série com dois fios, usa-se para comunicar com módulos específicos (não usamos no nosso quadcopter);
  • ICSP: Interface para programação de microcontroladores;
  • IMUInercial Measurement Unit. Dá-se esta designação ao conjunto de sensores da flightboard;
  • Motor Brushless: motor trifásico, sem escovas, necessita de um ESC para funcionar;
  • PCB: Termo inglês (Printed Circuit Board) para placa de cicruito impresso;
  • Pitch: “Inclinação” do multirotor (ver este artigo para mais detalhe);
  • Power Distribution Board: Uma placa de circuito impresso que facilita a interligação e distribuição de potência num quad (ligação da bateria para os ESC e os motores);
  • QBrain: Conjunto de 4 ESC’s que partilham a mesma caixa, tem alimentação única, simplificando as ligações;
  • Roll: Rotação do multirotor “de lado” (ver este artigo para mais detalhe);
  • Threadlocker: uma espécie de verniz que mantém um parafuso preso na rosca, mas não colado de forma permanente;
  • Throttle: Controlo da potencia dos motores de um multicopter (ver este artigo para mais detalhe);
  • Yaw: Rotação do multicopter sobre o eixo dos Z (ver este artigo para mais detalhe).

ooz-labs-logo+stamp-square-320x320Resumo da série 1

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *